Entre em contato conosco Be part of the Ormazabal talent

RELIABLE INNOVATION.
PERSONAL SOLUTIONS.

RES | 26 Dec 2019

Luz verde para o Wind 4.0, o plano da Siemens Gamesa para impulsionar o desenvolvimento tecnológico e a digitalização da indústria eólica basca junto aos seus fornecedores. ZE-2019/00037

 

  • Esta iniciativa conta com a participação da Ormazabal, Hine, Ingeteam, Lau Lagun e Talleres Jaso
  • Este projeto — resultado do acordo que a Siemens Gamesa assinou no último ano com o Governo Basco — foi aprovado na primeira fase do programa Hazitek 2019


A Siemens Gamesa deu um novo impulso ao seu compromisso com a competitividade dos seus processos e da sua cadeia de fornecedores locais, através do consórcio Wind 4.0. O objetivo é apoiar o desenvolvimento de tecnologia e a implantação da indústria 4.0 no setor eólico do País Basco.
 
A implementação do Wind 4.0 permitirá que a Siemens Gamesa avance na digitalização de produtos e processos, e no desenvolvimento tecnológico tanto da companhia como de suas empresas fornecedoras, o que se traduzido em um impulso das características, a eficiência e a competitividade.
 
“O futuro de nossa indústria está dentro da colaboração, no desenvolvimento tecnológico e na digitalização. Daí que este programa que una estes parâmetros seja, sem dúvida, um dos pilares básicos de nossa estratégia, um fator determinante para manter a competitividade de nossos fornecedores”, comenta Maite Basurto, responsável de processos em Tecnologia Corporativa da Siemens Gamesa.
 
O consórcio irá investir um total de 6,4 milhões de euros neste projeto, que marcará o futuro da companhia e de seus fornecedores bascos.
 
O plano conta com o respaldo do Governo Basco, que aprovou sua colocação em serviço na Fase I do processo de avaliação do programa de apoio à P&D empresarial Hazitek 2019. O Wind 4.0 é fruto do acordo de colaboração que a Siemens Gamesa assinou o último ano com o Governo Basco para impulsionar a cadeia de fornecimento eólica do País Basco.
 
Assim, o plano irá contar com a participação de cinco fornecedores: A Ormazabal, a Hine, a Ingeteam, a Lau Lagun e a Talleres Jaso, e a colaboração de quatro centros da Rede Basca de Ciência, Tecnologia e Inovação: Ikerlan, Tecnalia, Tekniker e Ormazabal Corporate Technology.
 
Com respeito aos projetos em concreto, o Wind 4.0 irá representar a digitalização dos cubículos de média tensão da Ormazabal, o aumento da eficiência dos processos produtivos e analítica de dados da Ingeteam através da monitorização de processos em tempo real, o design e desenvolvimento de sistemas hidráulicos na Hine, a monitorização e otimização do rolamento de pá na Lau Lagun, ou a automatização da montagem de precisão eixo-multiplicador na Talleres Jaso, entre outros processos de digitalização.
 
Mesmo assim, o projeto também conta com linhas para apoiar a digitalização dentro da Siemens Gamesa. Na primeira delas, a tecnologia 4.0 será aplicada no desenvolvimento de uma nova plataforma de controle para conversores, enquanto no resto será traduzido fundamentalmente em diversos sistemas de monitorização nos processos de fabricação.